25 de abril de 2018
Legislação
5 de abril de 2018 - 13:52

Preços travados

Fábio Lamônica alerta os produtores rurais sobre cuidados essenciais na hora de assinar contratos de compra e venda antecipados (antes de plantio) de produtos agrícolas com entrega futura.

Fábio Lamônica

No agronegócio brasileiro são comuns contratos de compra e venda antecipados (antes do plantio) de produtos agrícolas com entrega futura.

Os produtores, mediante a previsão de produção e segundo os compromissos assumidos, se comprometem com a entrega futura de determinada quantia de produtos mediante a fixação de determinado preço.

Forma-se uma cadeia em que o comprador, geralmente tradings, cooperativas, etc., se compromete em pagar determinado preço ao produtor mediante negociação com o mercado externo.

Para o produtor, a vantagem está justamente na garantia de recebimento de determinado valor, sem o risco das oscilações do mercado, que são comuns na época de colheita, o que pode levar a perdas comprometedoras.

Mas também é possível que o produtor, em função da segurança, deixe de ganhar quantias significativas se o preço do produto na hora da colheita registrar forte valorização. O mecanismo é interessante, mas requer cuidados, nem sempre observados.

A matéria completa está na edição de abril da Revista Agro DBO. Assinantes também podem lê-la na edição digital.

Fonte: Agro DBO 98

Comentário