22 de janeiro de 2017
Soja
2 de janeiro de 2017 - 17:53

Complexo soja: cai receita com exportação

Foram embarcados 67,175 milhões de t em 2016, com faturamento de US$ 25,325 bilhões

As exportações brasileiras do complexo soja somaram 67,175 milhões de toneladas em 2016, com faturamento de US$ 25,325 bilhões. Em relação a 2015, a queda foi de 4,99% em volume e 9,10% em receita. Em dezembro, as exportações do complexo voltaram a subir na comparação mensal após seis quedas, atingindo 1,731 milhão de toneladas e US$ 696,3 milhões.

Em volume, as vendas externas tiveram aumento de 39,5% ante o mês anterior, mas cederam 10,6% na comparação com dezembro do ano passado. Em receita, o crescimento em relação a novembro foi de 46,7%. Já ante igual período de 2015, houve recuo de 10,1%. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 2, pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

As exportações de soja em grão somaram 653.100 toneladas em dezembro. O aumento em relação ao mês anterior chegou a 106,6%. Já na comparação com igual período de 2015, quando foram embarcadas 731.400 toneladas, o recuo chegou a 10,7%. A receita com as vendas externas do grão atingiu US$ 273,1 milhões, incremento de 108,6% em relação a novembro. Na comparação com dezembro do ano passado (US$ 281,7 milhões), os recursos obtidos com os embarques caíram 3,1%.

O preço médio do produto exportado, de US$ 418,20/tonelada em dezembro, aumentou tanto em relação a novembro (US$ 414,2/tonelada) quanto em relação a igual mês do ano passado (US$ 385,2/tonelada). Em 2016, as exportações de soja em grão totalizaram 52,840 milhões de toneladas, 5,12% abaixo dos 55,693 milhões de toneladas de 2015. A receita obtida com os embarques em 2016 foi de US$ 19,905 bilhões, queda de 5,14% ante o valor de US$ 20,983 bilhões verificado no ano anterior.

No farelo de soja, o volume exportado somou 1,012 milhão de toneladas em dezembro, incremento de 16,6% em relação a novembro. Ante dezembro de 2015, quando o País havia enviado ao exterior 1,042 milhão de toneladas, o recuo foi de 2,9%. A receita de exportação em dezembro totalizou US$ 372,0 milhões.

O valor significa aumento de 23,1% em relação a novembro. Contudo, houve recuo de 3,8% ante igual período do ano passado, quando a receita de exportação havia totalizado US$ 386,6 milhões. Os embarques de farelo ao exterior somaram 14,443 milhões de toneladas em 2016, recuo de 2,58% em relação ao total de 14,826 milhões de toneladas exportados um ano antes. A receita obtida com as vendas externas do derivado totalizou US$ 5,192 bilhões, 10,79% menos do que os US$ 5,821 bilhões observados em 2015.

Já de óleo de soja, as exportações em dezembro somaram 66.200 toneladas. Também no óleo houve aumento em relação ao mês anterior, neste caso de 16,2%. O volume embarcado, entretanto, ficou 59,5% abaixo das 163.500 toneladas de igual mês de 2015. A receita somou US$ 51,2 milhões.

O aumento foi de 23,0% ante o mês anterior. Ante dezembro de 2015, quando o Brasil obteve US$ 106,3 milhões com as vendas externas, houve recuo de 51,8%. Em 2016, o Brasil exportou 1,150 milhão de toneladas de óleo de soja, queda de 25,99% ante o total de 1,553 milhão de toneladas embarcado no ano anterior. A receita observada em 2016 foi de US$ 801,38 milhões, recuo de 24,07% ante US$ 1,055 bilhão obtido um ano antes.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO

Comentário