18 de novembro de 2017
Milho
11 de agosto de 2017 - 09:28

Ritmo acelerado nas exportações de milho

Média diária dos embarques na primeira semana de agosto foi 96,6% maior do que em igual período no ano passado

De acordo com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, em agosto, na primeira semana, o Brasil exportou 875.130 toneladas de milho, o equivalente a 218.780 toneladas por dia.

O volume diário foi 97,8% maior que a média embarcada em julho último. Na comparação com agosto de 2016 as exportações cresceram 96,6%.

De acordo com projeções da Scot Consultoria, se este ritmo continuar, a expectativa é de que o país exporte 5 milhões de toneladas de milho no acumulado de agosto.

A maior competitividade do milho brasileiro no mercado internacional é o principal fator de aumento dos embarques.

O preço médio saiu de um patamar de US$ 175 por tonelada em janeiro deste ano, para US$ 154 por tonelada na primeira semana de agosto.

Apesar da reação nos últimos meses, as exportações estão abaixo do registrado em 2016.

No acumulado de janeiro a julho deste ano, últimos números consolidados, o país exportou 10,56 milhões de toneladas de milho, 33,5% (ou 5,3 milhões de toneladas) menos que o embarcado em igual período do ano anterior.

A expectativa é de que as exportações brasileiras continuem aquecidas nos próximos meses, o que deverá dar sustentação aos preços do cereal no mercado interno neste segundo semestre.

Fonte: Scot Consultoria

Comentário