25 de setembro de 2017
Agricultura
6 de setembro de 2017 - 12:02

Brasil precisa mostrar que é sustentável, diz engenheiro agrônomo

Para Murilo Bettarello, melhorar a comunicação pode expandir mercados e agregar valor aos produtos nacionais

Thuany Coelho

Além de ter cuidado com a preservação ambiental, o Brasil precisa mostrar ao mundo que sua produção agropecuária é sustentável, diz Murilo Bettarello, engenheiro agrônomo e sócio-consultor da Via Verde. Bettarello é bolsista do programa Nuffield, que seleciona pessoas do mundo todo envolvidos com o agro para desenvolver pesquisas em campo. O brasileiro é um dos participantes da edição 2017 e, neste ano, já conheceu a agropecuária de diversos países pelo projeto. Segundo ele, o Brasil precisa comunicar melhor suas qualidades, o que pode agregar valor a seus produtos, principalmente na questão da sustentabilidade. Ele conta o exemplo da Austrália, que consegue desenvolver muito bem sua marca no mercado asiático e ganhar espaço naquele continente.

Em entrevista ao Portal DBO, Bettarello ainda reforça a importância do ‘timing’ na aplicação de produtos contra pragas, plantas daninhas e doenças, além do manejo integrado, já que “não existe solução milagrosa”. “O maior erro do agricultor brasileiro é não monitorar a lavoura, fazer a mesma aplicação em todas as partes”, conta.

O agrônomo é um dos criadores do aplicativo IZagro, que auxilia na identificação de plantas daninhas, pragas e doenças e também na escolha dos produtos que são efetivos contra elas. “Mas ele não substitui a figura do agrônomo”, ressalta. A ideia é que em breve a plataforma também agregue informações sobre onde encontrar na sua região os produtos necessários para a lavoura. Saiba mais aqui.

Assista à entrevista abaixo:

 

 

Fonte: Portal DBO

Comentário