20 de novembro de 2017
105ª Expofeira de Bagé
20 de outubro de 2017 - 14:54

Fêmeas ajudam Bagé a fechar no azul

Tradicional feira da primavera gaúcha movimentou R$ 3,7 milhões com a venda de 565 animais

Alisson Freitas

Uma das mais antigas feiras agropecuárias do País, a Expofeira de Bagé cumpriu a sua 105ª edição entre os dias 2 e 18 de outubro no Parque de Exposições do município. Este ano a mostra foi palco de seis remates, que negociaram bovinos Angus, Brangus, Hereford e Braford e equinos Crioulo, mesmo número de eventos do que a edição anterior.

No total foram, vendidos 565 animais por R$ 3,7 milhões. Crescimento de 26,5% na oferta e 5,1% no faturamento em relação aos 447 lotes por R$ 3,5 milhões de 2016, segundo o Banco de Dados da DBO.

O resultado positivo pode ser atribuído à venda de fêmeas. Este ano foram negociadas 339 matrizes por R$ 1,6 milhão, enquanto no ano passado foram vendidas 187 animais por R$ 1,2 milhão. A maior oferta da categoria aconteceu no Remate da Cabanha Santa Prenda, onde 98 ventres Braford saíram a R$ 4.096 de média. O remate também negociou 45 touros à média de R$ 13.131 e alcançou a maior receita da mostra com R$ 992.280.

Já nos machos o desempenho foi similar, com uma ligeira queda. Na edição deste ano 226 animais foram vendidos por R$ 2,1 milhões. Já no ano passado foram negociados 260 machos por R$ 2,3 milhões. 

Fonte: Portal DBO

Comentário