18 de dezembro de 2017
40ª Expointer, Esteio, RS.
13 de setembro de 2017 - 19:36

Venda de genética volta a crescer na Expointer

Com oferta de bovinos, caprinos e equinos, leilões da gigante gaúcha faturaram R$ 12,1 milhões

Alisson Freitas

No ano em que celebra 40 edições, a venda da genética da Expointer voltou a crescer após fechar em baixa no ano passado. A mostra, realizada em Esteio, RS, entre os dias 26 de agosto e 3 de setembro, foi palco de 19 remates de bovinos, ovinos e equinos que movimentaram R$ 12,1 milhões com a venda de 834 lotes.

A oferta foi composta por bovinos Angus, Braford, Devon; ovinos Corriedale, Hampshire Down, Ille de France, Suffolk e Texel; e equinos Crioulo e Quarto de Milha.

Na divisão por categorias, os 117 machos saíram ao preço médio de R$ 14.101 e as 650 fêmeas foram vendidas a R$ 15.072. Também foram vendidas 49 coberturas a R$ 5.082 de média e 18 embriões a R$ 27.283.

Novamente o Crioulo foi o grande pilar de vendas da feira, a raça teve 303 lotes vendidos por R$ 8,5 milhões, respondendo por 63,7% da oferta e 70,1% da receita de toda a feira.

Na comparação com a edição a anterior, a mostra deste ano teve alta de 42% na oferta e 4,5% no faturamento. De acordo com o Banco de Dados da DBO, no ano passado a Expointer foi palco de 20 leilões de genética que arrecadaram R$ 11,6 milhões com a venda de 586 lotes.

Fonte: Portal DBO

Comentário