18 de novembro de 2017
79ª ExpoGrande, Campo Grande, MS.
11 de abril de 2017 - 11:59

Nelore Capital tem alta de 19% nos preços médios

Com 102 reprodutores vendidos a 91,7@, Cícero de Souza e Geraldo Carvalho fizeram uma das maiores ofertas de touros do ano no último leilão da ExpoGrande.

Alisson Freitas

Na tarde de 9 de abril, o Terra Nova Eventos, em Campo Grande, MS, foi palco da 7ª edição do Leilão Nelore Capital. O evento promovido por Cícero Antônio de Souza, da Nelore 42 e Geraldo Carvalho Filho, da Fazenda São Lourenço, encerrou a agenda da 79ª ExpoGrande, colocando a venda quase 400 animais, entre touros Nelore, muares, gado de corte entre outros.

Carro-chefe do pregão, os reprodutores foram destaque, com 102 animais comercializados à média de R$ 11.672. Na conversão por boi gordo, o valor é equivalente a 91,1 arrobas para pagamento à vista na praça de Campo Grande (R$ 128/@). Todos saíram com avaliação genética do Geneplus, da Embrapa Gado de Corte.

Foi a terceira maior oferta de machos Nelore do ano, de acordo com o Banco de Dados da DBO. A quantidade de touros vendidos só fica atrás dos 210 exemplares da Liquidação Nelore Fronteira; e dos 104 animais do Leilão VRJO. Na comparação com a edição anterior do pregão, realizado na ExpoGrande 2016, a oferta se manteve intacta, enquanto os preços médios subiram 18,6%.

No gado de corte, 275 cabeças foram vendidas ao preço médio de R$ 1.683, respondendo pela movimentação de R$ 462.990. A oferta da categoria foi composta por bezerros, novilhas e garrotes.

Por fim, três mulas foram arrematadas à média de R$ 8.400 e  um asinino por R$ 6.960. No total, o remate movimentou R$ 1,6 milhão.

A captação de lances foi conduzida pelo leiloeiro Luciano Pires, com captações para pagamentos em 24 parcelas. A organização do evento foi da Leiloboi e a trasmissão ficou à cargo da AgroBrasilTV. 

Fonte: Portal DBO

Comentário