17 de agosto de 2017
Leite
3 de agosto de 2017 - 10:36

Pressão de baixa no mercado do leite

Depois de quatro meses de alta, pagamento ao produtor registrou segunda queda consecutiva

A produção aumentando e a demanda fraca na ponta final da cadeia ditam o ritmo do mercado de leite no país, que registrou a segunda queda consecutiva nos preços pagos aos produtores.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, a média dos dezoito estados pesquisados ficou em R$1,155 por litro, sem o frete. Houve queda de 1,5% em relação ao pagamento anterior.

Com os recentes recuos, em valores nominais, o produtor está recebendo 1,6% menos na comparação com igual período do ano passado.

Do lado da produção, em junho, o volume captado pelos laticínios (média nacional) aumentou 2,1% em relação a maio.

Para julho, a expectativa é de incremento de 2,4% na produção (dados parciais), com aumentos nos estados do Sul do país, além de São Paulo, Minas Gerais e Goiás.

Para o pagamento a ser realizado em meados de agosto (produção de julho), 69,0% dos laticínios pesquisados acreditam em queda no preço do leite ao produtor, 23,0% falam em manutenção e os 8,0% restantes acreditam em alta nos preços do leite.

As quedas previstas variam de R$0,02 a R$0,08 por litro, segundo as empresas pesquisadas.

Fonte: Scot Consultoria

Comentário