São Paulo - 22 de dezembro de 2014

› Indústria
1 de novembro, 2013 - 21:10
Minerva compra operação de bovinos da BRF

BRF passará a ter participação de 15% nas ações da Minerva

A Minerva anunciou nesta sexta-feira, 1º, a aquisição das operações de duas unidades de bovinos da BRF. O acordo prevê a transferência de 15,2% das ações da companhia para a BRF.  
 
As unidades, em Várzea Grande e Mirassol d´Oeste, registraram receita em 2012 de R$ 1,2 bilhões. A expectativa do presidente da empresa, Fernando Galletti de Queiroz, é de elas agreguem, no mínimo, valor semelhante ao faturamento da Minerva. 
 
Com a aquisição, a Minerva amplia em 23% sua capacidade de abate, para 14 mil cabeças/dia. As unidades adquiridas têm capacidade de abate de 2,6 mil cabeças/dia. Ambas estão aptas a embarcar para mercados como a União Europeia.
 
As plantas integrarão a Newco Divisão de Bovinos, que será incorporada à Minerva. A BRF terá 15% das ações da Minerva, o equivalente a 29 milhões de ações, enquanto a VDQ, acionista controlador da Minerva, responderá por outros 33,2%, sendo o restante destinado ao mercado. 
 
“No Brasil, o que faltava era estar presente em Mato Grosso. Com essa operação encerramos nossas aquisições no Brasil”, informou o presidente da empresa. 
 
O acordo está sujeito à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Conforme Queiroz, a empresa não teme restrições do órgão antitruste, uma vez que a BRF será uma acionista minoritária e a companhia não tem operações em MT. A empresa é a segunda maior exportadora do País e responde por 6% a 7% do abate nacional. 
 
As empresas também fecharam um contrato para que a Minerva forneça carne bovina para a BRF.
 
Em nota, a BRF afirma que a transação permite um ajuste em seu modelo de atuação no mercado de bovinos. "Sem sair do negócio, desverticaliza a cadeia, deixando a gestão do abate aos cuidados de uma empresa especialista --a Minerva--, ao mesmo tempo em que reforça sua presença nos segmentos de food service e alimentos processados de carne bovina."
 
Conforme o vice-presidente de Finanças, Administração e Relações com Investidores da BRF Leopoldo Saboya, o acordo permitirá à BRF a redução de aproximadamente 170 milhões de reais em ativos biológicos (boi vivo) em até 10 meses. "Tais ativos não fazem parte desta operação e serão vendidos a mercado", destacou.
 

Fonte: Portal DBO

Notícias Relacionadas

Últimas Notícias

Mais Lidas

TAGS

Enquete

Os EUA abrirão mercado para a carne brasileira ainda em 2014?

2014 Portal DBO® Todos os direitos reservados Design e desenvolvimento MagicSite