São Paulo - 1 de setembro de 2014

› Palavra da Indústria
28 de fevereiro, 2014 - 17:56
Tirando leite de pedra

O início não foi nada fácil, apesar do entusiasmo de Osmando Xavier pela produção de leite orgânico em pleno Estado de Alagoas. "Eu tinha me formado em agronomia pela Universidade Federal de Alagoas, a Ufal, mas a fazenda da família tinha ficado com meu pai, Osman Batalha Xavier", conta Osmando. "Aí descobri que era aquilo que eu queria."
Tânia Rabello

Para ter subsídios para subverter a pecuária leiteira na fazenda, localizada entre Cacimbinhas, AL, e Iati, em Pernambuco, Osmando foi fazer um curso sobre criação orgânica no Instituto Elo, em Botucatu, em 2001. "Em 2002 já estávamos com a certificação orgânica e, em 2004, abrimos o laticínio", relembra. "Foi um fracasso, porém", diz ele, lembrando que vendiam no máximo 100 litros de leite por dia, em supermercados locais, padarias e domicílios. "No varejo, as pessoas tinham dificuldade de explicar o que era o produto." Assim, com um laticínio que empregava seis funcionários e com as despesas diárias de um caminhão que percorria 340 km ida e volta de Cacimbinhas a Maceió, não houve rendimento suficiente. "Tentamos por um ano, mas aí passamos a vender para a Parmalat, com uma nova marca de leite, a Mainha - a marca era convencional e existe até hoje, mas o leite era orgânico", conta Osmando. "Foi esta marca que ajudou a manter nossa empresa. O sistema orgânico continuava, mas o leite não era vendido como orgânico."
Em 2005, finalmente, a marca convencional começou a pagar as contas da atividade. "Vendíamos 85% do leite Mainha e 15% do leite orgânico", conta Osmando. "Havia uma diferença de preço, mas não era substancial, algo em torno de 30%, no máximo a mais para orgânico."
A guinada em favor do leite orgânico veio somente em 2012, quando, com persistência, a família Xavier resolver lançar a marca Timbaúba na Bio Brazil Fair, uma feira realizada anualmente em São Paulo, SP, voltada a produtos orgânicos, naturais e sustentáveis. "Desta feira nasceu o interesse do Pão de Açúcar, do Supermercado Santa Luzia, do Supermercado Perini, em Salvador e no Recife, e da Casa dos Frios, no Recife", diz. A primeira entrega do leite orgânico Timbaúba foi feita em outubro de 2012, no Pão de Açúcar e agora, mês a mês, as vendas vêm aumentando. Saiba mais. Leia Mundo do Leite n. 65
 

Notícias Relacionadas

TAGS

Enquete

Os EUA abrirão mercado para a carne brasileira ainda em 2014?

2014 Portal DBO® Todos os direitos reservados Design e desenvolvimento MagicSite