29 de junho de 2017
Girolando
19 de abril de 2017 - 11:44

Girolando seleciona 40 touros para o Teste de Progênie

Prova deste ano teve como destaque a genotipagem de todos os participantes

A raça Girolando teve 40 novos reprodutores aprovados na 5ª Prova de Pré-Seleção para o Teste de Progênie. Eles devem integrar em breve os catálogos das principais centrais de inseminação do Brasil e ter sêmen comercializado no mercado.

Esses animais passaram nos últimos meses por várias avaliações, dentre elas de temperamento, morfologia e fertilidade, e agora seguem para uma próxima etapa de verificação de seu potencial genético: o 19 º Grupo do Teste de Progênie, considerado a melhor forma de conhecer o valor genético de um reprodutor para produção de leite.

Todas as avaliações foram aplicadas em 69 reprodutores e tiveram início em janeiro de 2017 no Centro de Performance Girolando, localizado no campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM). O anúncio dos 40 animais aprovados foi feito durante o 2º Dia de Campo do Programa de Melhoramento Genético da Raça Girolando ( PMGG), em Uberaba, MG.

Vários dados coletados durante os três meses da prova estão sendo utilizados para gerar pesquisas importantes para a evolução da raça. As análises de temperamento animal, por exemplo, são fundamentais para auxiliar o pecuarista a formar um rebanho de fácil manejo, garantindo não só o bem-estar do plantel, mas também dos profissionais que trabalham diretamente na lida do gado.

“As pesquisas já comprovaram que um bovino mais tranquilo apresenta melhor desempenho, com maiores ganho de peso e produção de leite.”, explica Lívia Carolina Magalhães Silva, pesquisadora do Grupo Etco, responsável pelas avaliações de temperamento dos touros da Prova. Segundo ela, essa ferramenta de seleção é incipiente na raça e alguns criadores de Girolando já começaram a incorporá-la a seus sistemas seletivos.

Uma novidade desta edição da Prova de Pré-Seleção foi a genotipagem de todos os participantes. Os dados referentes ao DNA dos animais serão incorporados ao Projeto Genoma da Raça Girolando. A seleção genômica é uma tecnologia que permite acelerar o melhoramento genético dos rebanhos bovinos e foi incorporada recentemente ao PMGG.

Segundo o pesquisador da Embrapa Gado de Leite e Coordenador Geral do PMGG Marcos Vinícius G. Barbosa da Silva, a seleção genômica, associada à evolução dos métodos estatísticos e à introdução de modelos computacionais ao processo, permitirá futuramente duplicar o ganho genético animal, que hoje é possível dentro do sistema tradicional.

O Projeto Genoma vem sendo desenvolvido pela Embrapa Gado de Leite, Associação Brasileira dos Criadores de Girolando e o consórcio CRV Lagoa/Zoetis.

Fonte: Girolando

Comentário

Newsletter DBO