23 de abril de 2018
Carne
3 de janeiro de 2018 - 10:03

Carne tem desvalorização no atacado

Após sete semanas consecutivas de alta, preços da proteína sem osso tiveram queda média de 1,2%

Após sete semanas seguidas de alta, os últimos sete dias foram marcados por desvalorização no mercado atacadista de carne bovina sem osso.

O varejo diminui o “apetite” pelas compras, no intuito de controlar os estoques e aguardar uma melhor colocação quanto ao comportamento da demanda, já que é comum ocorrer uma diminuição nos gastos após o período de festas.

Na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria, houve queda de 1,2% nos preços, no período. O que puxou o mercado, foram os cortes de dianteiro, com desvalorização de 2,2%, frente a 0,8% de queda para o traseiro.

Durante 2017, foi comum a desvalorização no mercado e, apesar da alta nos preços nas últimas semanas, não tivemos valorização nominal dos cortes sem osso.

Entretanto, o comportamento de preços em queda no mercado do boi gordo colaborou para que os frigoríficos apresentassem margem de comercialização acima da média histórica durante o ano. Cenário bem diferente do observado em 2016.

Para o curto prazo, fica a expectativa quanto ao comportamento da demanda após o período de festas.

Fonte: Scot Consultoria

Comentário