18 de dezembro de 2017
Confinamento
5 de dezembro de 2017 - 16:39

Confinamento entrega lucro no 2º giro

Propriedades visitadas pelo Tour DSM tiveram retorno sobre o investimento de 9,7% em três meses

Alisson Freitas

A Tortuga/DSM divulgou na tarde desta terça-feira, 5 de dezembro, em São Paulo, SP, os resultados da terceira edição do seu Tour de Confinamento. A expedição percorreu dez unidades de engorda intensiva nos Estados de SP, MT, MG, GO, PA, BA, SE e PR e acompanhou o desempenho zootécnico e financeiro de cada uma delas.

Na média dos resultados, as fazendas apresentaram Retorno sobre Investimento (ROI) de 9,7% em três meses. O cálculo foi feito por especialistas do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq USP) e teve como base os gastos e ganhos de todo o sistema produtivo;

“Esse retorno é excelente do ponto de vista econômico e foi obtido com diferentes tipos de dietas, animais e estruturas, comprovando que o investimento em tecnologia é fundamental para atividade”, informa Marcos Baruselli, gerente de categoria Confinamento da Tortuga | DSM.

Foram observados também vários ganhos zootécnicos, como ganho de peso elevado e outros benefícios que se estendem por toda a cadeia, desde a saúde dos animais até a melhora da qualidade da carne. A média de ganho de peso foi 1.530 g/dia e os animais engordaram, em média, 6,37@ em 86 dias.

Considerando os custos operacionais e os de oportunidade (que são os investimentos de baixo risco disponíveis no mercado), o Cepea constatou ROI positivo em todas as etapas, principalmente das propriedades com maior investimento em tecnologia.

Para quem apostou na atividade mesmo no primeiro semestre, os ganhos de produtividade (GPD e rendimento de carcaça) supriram cotações menores e deram retorno ao produtor, ajudados pelos menores custos de produção, entre eles, a reposição e a nutrição que, em média, representaram 73% e 23%, respectivamente – os 4% restantes consideram outros custos.
 

Fonte: Portal DBO

Comentário