30 de março de 2017
Corte
10 de março de 2017 - 17:57

Ferramenta calcula custo de produção em fazendas de corte

Lançada pela Embrapa, a planilha CustoBov facilita o trabalho do produtor na hora de levantar o desempenho do negócio

Tendo como alvo técnicos e produtores, a Embrapa Gado de Corte desenvolve ferramentas que auxiliam na gestão das fazendas. A última delas foi a planilha CustoBov, cujo objetivo é calcular os custos de produção e as margem do negócio compartimentalizando informações.

Disponível para download clicando aqui, a planilha Excel foi pensada para ter uso intuitivo e permitir o aproveitamento mesmo por produtores que não dispõem de dados detalhados de cada componente do sistema. Assim, no caso dos produtos veterinários, por exemplo, basta informar o total gasto no ano com vacinas, vermífugos e outros medicamentos, sem especificar produtos, dosagens, consumos por categoria animal ou preços unitários pagos.

Saiba qual a utilidade da planilha e como ela pode fazer a diferença no final das contas:

Como se calcula o custo de produção? Diversos conceitos estão envolvidos no cálculo do custo de produção. A começar pelas despesas, que são os gastos efetivamente realizados, que exigem que o produtor coloque a mão no bolso. Compra de insumos, pagamento de empregados, serviços e impostos são alguns deles. Mas, além das despesas, também entram no custo de produção as depreciações, que se aplicam àqueles itens cuja vida útil é maior do que um ciclo de produção, e correspondem a perdas resultantes da desvalorização por idade, uso ou obsolescência. Instalações, máquinas e equipamentos, bem como as pastagens perenes, estão sujeitos a esse processo.

Por último, mas não menos importante é preciso somar a essas contas os custos de oportunidade e o pró-labore do produtor. Os custos de oportunidade são os ganhos a que o produtor renuncia ao empregar seus recursos de capital e mão-de-obra na própria fazenda e o pró-labore uma espécie de salário que o produtor convenciona retirar todo mês para garantir seu sustento. Subtraindo da receita o custo de produção total ou parcial, calculam-se ainda diversas margens econômicas, como, por exemplo, a margem bruta e o lucro.

Por meio da planilha CustoBov, o produtor consegue incluir com detalhe todos esses itens, que vão variar conforme o tipo de atividade a que ele se dedica e o tamanho do rebanho. As planilhas 1. Dados do rebanho, 2. Dados dos recursos, 3. Dados das despesas e 4. Dados das receitas são aquelas destinadas à entrada de dados, sendo por isso as únicas que permitem digitação.

Para que serve calcular o custo de produção? Conhecendo seu custo de produção, o produtor pode compará-lo a outros indicadores e ter uma ideia do desempenho econômico do seu negócio. Saber se o que está gastando é compatível com suas receitas e se a atividade é sustentável no médio prazo. Consegue ainda comparar seus dados com os de concorrentes e analisar a competitividade da fazenda no mercado; medir seu custo mínimo e sua eficiência; calcular a margem bruta e o lucro do negócio; além de poder usar com maior propriedade mecanismos de proteção de preço, tais como o mercado futuro.

Relatórios - Além das quatro planilhas principais, em que o produtor insere seus dados, outras planilhas da ferramenta CustoBov apresentam relatórios com a consolidação dos resultados, que podem ser consultados tanto na forma de números como de gráficos. Estes últimos estão reunidos, sintetizando os resultados, na planilha "Resumo em gráficos".

Para ter mais informações de como preencher cada uma das abas disponíveis, acesse o manual em que foi baseada esta matéria. O conjunto das informações contidas nele é de autoria dos pesquisadores Fernando Paim Costa, Mariana de Aragão Pereira, Guilherme Cunha Malafaia e Haroldo Pires de Queiroz, da Embrapa Gado de Corte.
 

Fonte: Portal DBO

Comentário

Newsletter DBO