27 de junho de 2017
Tecnologia
24 de novembro de 2015 - 16:03

Quatro aplicativos para uso na pecuária

Tecnologias para gestão do gado de corte e leite facilitam a vida do produtor

Marina Salles

Cada vez mais a tecnologia aplicada ao campo traz benefícios para toda a cadeia produtiva. Seja no manejo de gado de corte, de leite ou na gestão da propriedade, aplicativos ajudam o produtor a se organizar e administrar melhor o patrimônio. Conheça alguns deles:

Brabov Indicado para pecuaristas que trabalham com gado de corte, permite registrar a compra e venda de animais e gerenciar o manejo do rebanho. Alternativa ao uso de cadernetas e planilhas, armazena dados sobre pesagem, movimentação de lotes, inseminação, desmama, aplicação de vacinas, castração entre outros.

De acordo com o fundador do Brabov, Matheus Zeuch, o principal ganho prático é a possibilidade de comparar o desempenho de diferentes lotes e, assim, criar condições para aumentar a produtividade. Outra vantagem, segundo ele, é ter tudo à mão para controlar a performance da fazenda mesmo à distância, o que tem atraído a atenção de quem tem mais de uma propriedade.    

Com interface simples, possui versão para iOS, Android e Webapp, que funciona pela internet para qualquer dispositivo. No celular, permite o uso offline. Sobre os custos, Zeuch explica que há um plano gratuito com funcionalidades limitadas. A versão premium custa R$9,90 por mês para produtores com até 100 cabeças; R$29,90 para 500 e R$99,90 para 1.500 cabeças. Para fazendas maiores, há a opção de contratar um plano anual que cobra R$1,50 por cabeça por ano. 

BovControl – É ajustado às necessidades de pecuaristas de gado de corte, leite, confinamento e genética. Permite o acompanhemento dos animais e das atividades da propriedade por meio do celular ou computador.

A identificação individual fica a critério do produtor, por brinco simples, com chip RFID, padrão Sisbov, nome, tatuagem ou registro de associação de raça incluídos na ferramenta. Características como filiação, data de nascimento, vacinas e tratamentos também podem ser adicionadas, assim como fotos do animal. Entre as atividades passíveis de serem geridas estão: exames de toque, controle reprodutivo, ordenha e desmame.

Um feed de monitoramento registra dia após dia todas as atualizações feitas pelo aplicativo. De acordo com Danilo Leão, diretor geral da BovControl, o app é uma ferramenta últil para a comunicação interna. O aplicativo é gratuito para experimentação e está disponível para Android.

VetSmart Feita sob medida para veterinários de animais de grande porte, a ferramenta funciona como um receituário inteligente. Uma vez em atendimento, o profissional pode consultar a bula de medicamentos e vacinas, verificar a recomendação para aplicação e a frequência de uso do produto. A dosagem é indicada de acordo com o peso de cada animal e calculada no próprio app nas unidades de medida correntes no setor.

O sistema também conta com informações sobre quantidade de ração e suplementos que devem ser administradas. Após o atendimento médico, o receituário pode ser impresso ou enviado para o e-mail do dono da propriedade.

O app ainda salva o histórico do animal, funcionando como uma espécie de diário das consultas de bovinos e equinos. O VetSmart é gratuito e tem versão para iOS e Android.

InovaLeite – Ideal para fazer o controle de produtividade das vacas leiteiras, o aplicativo, que está associado a um software, pode ser alimentado de qualquer dispositivo móvel mesmo sem sinal de internet. Dessa forma, é construído um diário de bordo com informações sobre manejo santitário, reprodutivo, alimentar e produtivo.

Uma vez conectado à internet, o dispositivo é sincronizado a um software na nuvem que retira automaticamente os insumos utilizados do estoque e lança o custo proporcional na conta de cada animal alvo da execução da tarefa. Roberto Arana, gerente comercial da Agroinova, empresa criadora da tecnologia, afirma que assim fica mais fácil ter acesso ao custo de produção individual e à rentabilidade por vaca. Na prática, Arana conta que foi observada economia de até 15% nos custos de produção somente a partir do controle de estoque e adequação do manejo nutricional.

Entre os ganhos para o produtor, Arana cita a seleção adequada de matrizes; redução do desperdício de insumos; facilidade de administrar os recursos humanos da fazenda, verificando tarefas concluídas e pendentes; além da tomada de decisões mais assertivas, baseadas em relatórios técnicos.

A mensalidade pelo uso do software, ao qual está associado o aplicativo, é de R$170/fazenda somada a um custo variável (a partir de 50 vacas em lactação) de R$1/vaca em lactação. O app roda apenas em dispositivos Android.

Fonte: Portal DBO

Comentário

Newsletter DBO