Menu
Menu

Brasil pode ficar a ver navios se guerra China x EUA acabar

País asiático terá de comprar 35% mais de produtos agrícolas dos americanos para pôr fim à desavença
Lin Tan, presidente executivo da trading chinesa Hopefull Grain and Oil. Foto: Edilon Carmo

Por Marina Salles, de Cuiabá

A guerra comercial entre Estados Unidos e China, que já vem desde março de 2018 após Donald Trump começar a taxar produtos importados, pode se resolver ainda este ano, segundo o presidente executivo da trading chinesa Hopefull Grain and Oil, Lin Tan. “Com as eleições legislativas nos Estados Unidos, Trump não teve tempo de rever essa questão, mas a reunião do G-20 em Buenos Aires no final do mês (em que o presidente Xi Jinping estará presente) é uma ótima oportunidade”, diz.

Lin Tan mora nos Estados Unidos e esteve no Brasil para prestigiar o Prêmio Sistema Famato em Campo, em Cuiabá, MT, e palestrar sobre o mercado da soja. Em sua fala, ele foi sincero com os produtores brasileiros quanto aos impactos do fim da guerra comercial para os preços da commodity: “No curto prazo, o fim da guerra comercial entre Estados Unidos e China pode gerar um grande problema para o Brasil”.
Isto aconteceria porque um dos termos para a desavença acabar é que a China compre ainda mais produtos dos Estados Unidos. “A China, para pôr fim à guerra comercial, precisa se comprometer a comprar 35% mais produtos agrícolas do que compra hoje dos Estados Unidos. Se a média era de 35 milhões de toneladas de soja/ano, passaria então a 45 milhões de toneladas, ou seja, 10 milhões de toneladas a mais”, diz, o que abocanharia uma fatia do negócio do Brasil, cujas vendas superaram as 76 milhões de toneladas para a China este ano, de uma safra projetada para ser de 120,5 milhões de toneladas.

No melhor cenário para o Brasil, os dois países não se acertam e os produtores podem tirar proveito, no curto prazo, de melhores preços para a soja, já que os chineses dependem da oferta do Brasil para atender sua demanda interna. No longo prazo, independente do acerto, o próprio mercado se ajusta e o diferencial de preços deve cair. “Com os europeus comprando a soja dos EUA e os chineses, do Brasil, os prêmios se equilibram”, afirma Lin Tan.

Para ele, é difícil saber o que irá acontecer porque os Estados Unidos podem ter começado essa guerra para, de fato, resolver o déficit da sua balança comercial com a China, que é de R$ 60 bilhões, ou por conta de outras razões veladas. Entre elas, o desejo da China de passar a exportar produtos de maior valor agregado até 2025; de se beneficiar do conhecimento de cientistas americanos que estão indo trabalhar em indústrias chinesas; ou da insatisfação com o crescimento das relações comerciais com um país socialista.

Fonte: Portal DBO

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on email
Email
Share on pocket
Pocket

Posts Relacionados:

Menu


janeiro

16janallday18Show Tec(O dia inteiro) Resumo do Evento: O maior evento do Agro de Mato Grosso do Sul.

16jan(jan 16)07:0018(jan 18)18:00Dinetec 201907:00 - 18:00 (18)

24janallday25Fundação MT em Campo - 2019(O dia inteiro)

30janallday02fevItaipu Rural Show(O dia inteiro) Resumo do Evento: O Itaipu Rural Show é uma exposição segmentada no agronegócio.

GALERIA DE FOTOS DO INSTAGRAM

Acompanhe e compartilhe:

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO
Ligue grátis: 0800 110618
(Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

X