22 de fevereiro de 2021

Revista DBO Fevereiro: Mercado de ovinos e caprinos em recuperação

Demanda por fêmeas e a valorização dos preços pagos ao produtor alavancaram o desempenho positivo dos negócios ao longo do ano de 2020

Por Gualberto Vita

A comercialização de ovinos e caprinos, nos 73 remates promovidos em 2020, apresentou balanço altamente favorável em relação a 2019. Houve alta de 117,4% na oferta, somando 13.893 machos, fêmeas e aspirações, e de 36% no faturamento total, contabilizando R$ 12,9 milhões (média de R$ 931/cab).

Foi o melhor desempenho desde 2014, quando 22.393 lotes renderam R$ 15,4 milhões, de acordo com o Banco de Dados da DBO.

A demanda por fêmeas puxou os resultados de 2020. Foram negociadas 10.303 reses, superando em 113,6% a quantidade ofertada na temporada anterior (4.824 fêmeas).

A receita na categoria saiu de R$ 6 milhões e chegou aos R$ 9,1 milhões.

As vendas de machos também subiram com força (126,1%), com 3.514 exemplares arrematados pelo valor médio de quase R$ 1.010.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.