Menu
Menu

Alta do milho faz pecuarista reduzir suplementação no PR

Com isso, boi leva mais tempo no cocho para ser terminado, o que reduz a rentabilidade da atividade

A alta do preço do milho fez com que pecuaristas da região entre Maringá e Colorado, no noroeste do Paraná, reduzissem a suplementação nutricional do gado neste primeiro semestre. A constatação é de criadores e técnicos que atuam na região.

“Aqui na região, praticamente todos os pecuaristas já fazem alguma suplementação nutricional a base de grãos (milho ou farelo de soja), como um semi-confinamento, mas esse ano alguns reduziram isso”, disse o veterinário Pedro Martins que presta assistência técnica à pecuaristas na região.

Um produtor que usava o equivalente a 2% do peso animal durante o período de terminação, com ração, passou a usar 1,7%, por exemplo. Com isso, o boi leva mais tempo no cocho para ser terminado com o peso ideal para o abate, o que reduz a rentabilidade da atividade. “O problema é que a conta entre o custo e a receita não fecha, por isso, diminuíram”, ressaltou.

Do lado da venda, Martins afirma que o preço da arroba também recuou. Ele observou que em janeiro era possível vender um boi a R$ 150/arroba e que nesta semana o preço está em R$ 140/arroba.

O pecuarista e empresário Eder Zanchetta, que faz o ciclo completo do rebanho bovino na região, diz que preço da saca de 60 quilos de milho praticamente dobrou em um período de um ano até o mês passado quando ele fez sua última compra.

No começo de maio, Zanchetta pagou R$ 43/saca, ante R$ 23/saca em maio do ano passado. O preço do farelo de soja passou de R$ 1.150/tonelada para cerca de R$1.500/tonelada no mesmo período, diz. O motivo dessa alta foi a estiagem que reduziu a oferta.

Em contrapartida, Zanchetta garantiu que não sentiu os efeitos da greve dos caminhoneiros. Ele tem transporte próprio para carregar seu gado até o abatedouro municipal e, por isso, não depende de frete. Para a ração, ele afirmou que estava estocado durante o período, por isso, não sentiu falta do suplemento.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×

Carrinho

Você + Portal DBO

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter e receba diariamente o melhor do agronegócio em seu e-mail.