Anec reduz previsão de exportação de soja para 10,796 milhões/t em junho

Para o milho, a expectativa é enviar ao mercado externo neste mês 1,758 milhão de toneladas

A Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) reduziu sua estimativa de exportações de soja em junho para 10,796 milhões de toneladas, ante 10,840 milhões projetados há uma semana.

A entidade informou, contudo, que há possibilidade de um carregamento menor ao exterior, entre 10 milhões e 10,796 milhões de toneladas. Em junho de 2021, o País exportou 10,129 milhões de toneladas de soja.

Para o milho, a expectativa é enviar ao mercado externo neste mês 1,758 milhão de toneladas, menos do que o volume de 1,793 milhão de toneladas previsto na semana passada e muito acima das 89,2 mil toneladas exportadas em igual mês do ano passado.

VEJA TAMBÉM | Milho: colheita da segunda safra se inicia, mas preço segue firme

A entidade prevê ainda exportações de 2,272 milhões de toneladas de farelo de soja – acima dos 2,192 milhões de toneladas estimados há uma semana e do volume de 1,84 milhão de toneladas de junho de 2021. Não há previsão de embarques de trigo.

Na semana de 12 a 18 de junho, foram exportados 2,623 milhões de toneladas de soja, 616,61 mil toneladas de farelo e 396,41 mil toneladas de milho – não houve embarques de trigo.

Para esta semana, de 19 a 25 de junho, a previsão é de que sejam embarcadas para o exterior 2,808 milhões de toneladas de soja, 569,59 mil toneladas de farelo e 410,18 mil toneladas de milho.

As projeções se baseiam na programação de navios nos portos brasileiros.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.