Após atraso, plantio de soja reage no Brasil e já supera marca do ano passado

Conab afirma que 69,5% da área prevista já foi semeada. No caso do milho, total chega a 56,6%, enquanto arroz enfrenta atraso
Foto: Faep/Arquivo ANPr

A área plantada de soja no País na safra 2020/21 alcançou 69,5% na segunda semana de novembro, ante 65,3% do registrado em igual período do ano passado, informou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), com base no boletim semanal da estatal, denominado “Progresso Safra”.

Segundo a Conab, em nota, apesar de o cultivo ter atrasado por causa do clima desfavorável, o ritmo da semeadura foi recuperado com o início das chuvas. Mato Grosso já semeou 92,3% da área e Mato Grosso do Sul, 87,5%.

Em relação ao milho, a Conab informa que o plantio alcançou 56,6% da área prevista até a segunda semana de novembro. O Paraná lidera os trabalhos, com 96% completados. Em Minas Gerais, segundo a Conab, o plantio está mais acelerado na comparação com igual período do ano passado.

“Enquanto nos primeiros 13 dias de novembro de 2019 os agricultores mineiros tinham plantado cerca 40% do grão, neste ano, o índice chega a 75%”, diz o boletim.

Já no Rio Grande do Sul, apesar dos bons índices, o avanço da semeadura e o desenvolvimento têm sido prejudicados por causa da falta de umidade, consequência dos efeitos causados pelo fenômeno La Niña.

Para o arroz, a estatal informou que Santa Catarina semeou 95% da área prevista, e o Rio Grande do Sul, 85%. “Nos dois Estados, a semeadura está atrasada”, diz a Conab.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.