Argentina: Agricultura pede ampliação de fundo para produtor afetado pela seca

O ministro da Agricultura, Julián Domínguez, indicou que as autoridades estão observando com preocupação a evolução do clima na zona rural

O ministro da Agricultura da Argentina, Julián Domínguez, reuniu-se com o chefe do gabinete do país, Juan Manzur, para solicitar a ampliação do fundo de emergência, com o objetivo de ajudar produtores rurais e governos estaduais que estão passando por problemas provocados pela seca.

“Precisamos nos preparar para resolver esta situação, pois vamos ter um efeito negativo no setor, do qual teremos uma avaliação mais clara a partir da terceira semana de janeiro. É por isso que concordamos em colocar em funcionamento o fundo nacional de emergência”, afirmou Domínguez.

O ministério disse também que está em contato com as províncias do país, fazendo uma avaliação e um diagnóstico da situação e do efeito das alterações climáticas nas diferentes culturas.

VEJA TAMBÉM | Rebanho sofre com perda de peso devido à estiagem no Rio Grande do Sul

Domínguez disse que no último semestre houve uma diminuição de até 200 milímetros de chuva em algumas áreas, o que complicou as regiões produtivas.

O ministro indicou que as autoridades estão observando com preocupação a evolução do clima na zona rural, especialmente no que diz respeito às plantações de milho, soja e à falta de disponibilidade de forragem ou pastagem para pecuária em algumas localidades.

Domínguez também expressou preocupação com a situação na província de Entre Ríos, que tem tido sérios problemas com queimadas.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.