Argentina cumpre 100% de cota de exportação para UE

Depois de dez anos, embarques à Europa chegam ao volume total, de 29,5 mil toneladas

O governo argentino informou que o país está prestes a cumprir, depois de dez anos, 100% da cota Hilton, destinada à exportação de carne bovina de maior qualidade – e melhor preço – ao mercado europeu.

A cota total da Hilton, de 66.826 toneladas, é distribuída entre vários países produtores e exportadores de carne bovina. A Argentina tem o direito ao maior montante, de 29,5 mil toneladas (53,3%), seguido pelo EUA/Canadá (11,5 mil toneladas), Brasil (10 mil toneladas), Austrália (7,15 mil toneladas), Uruguai (6,38 mil toneladas), Nova Zelândia (1,3 mil toneladas) e Paraguai: (mil toneladas).

A Alemanha continua a ser o principal comprador da carne bovina argentina direcionada dentro da cota Hilton, com 60% de participação, seguida pela Holanda (20%), Itália (12%) e Bélgica (3,5%).

No ciclo anterior (2017/18), a Argentina alcançou 95% da cota Hilton. Porém, antes disso, o país da América do Sul havia se distanciado do alcance do total de volume disponível, atingindo o mínimo de 18.676 toneladas no ciclo 2010/2011.

Esse processo acompanhou a queda do país como exportador mundial de carne bovina, caindo para 15º lugar no ranking mundial de 2015. Hoje, a Argentina ocupa o 8º lugar como maior exportadora mundial de carne bovina.

No ciclo anterior (2018/19), o valor médio alcançado pela carne bovina argentina dentro da cota Hilton foi de US$ 10.934 a tonelada.

 

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Revista DBO | Monta curta acelera produtividade

CONFIRA os destaques da edição de setembro da Revista DBO e o ‘Especial Genética e Reprodução’; na capa, veja como duas fazendas de ciclo completo se tornaram modelo de ‘fábrica ideal de produção de bois’

Revista DBO | Monta curta acelera produtividade

CONFIRA os destaques da edição de setembro da Revista DBO e o ‘Especial Genética e Reprodução’; na capa, veja como duas fazendas de ciclo completo se tornaram modelo de ‘fábrica ideal de produção de bois’

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.