Arroba segue com preços firmes na maioria das praças

Frigoríficos que não fizeram estoques para o fim de ano tem encontrado dificuldades para comprar boiadas
Foto: Scot Consultoria

Ao passo que o final do ano se aproxima, a oferta de boiadas vem diminuindo e os frigoríficos que ainda não fizeram o estoque para atender a maior demanda que vem pela frente encontram dificuldade para a compra de boiadas.

Esse cenário está dando força para as cotações em algumas regiões. É o caso, por exemplo, da região de Belo Horizonte, MG, onde a arroba do boi gordo fechou com alta de R$ 1 na última quarta-feira, 12 de dezembro, frente ao levantamento anterior.

Continue a leitura após o anúncio

Por outro lado, há também frigoríficos que já estão com escalas de abate mais confortáveis e, nesses casos, os testes de preços abaixo das referências são comuns, o que acaba pressionando para baixo as cotações.

Já no mercado atacadista de carne bovina com osso, não houve variação nos preços. A carcaça de bovinos castrados ficou cotada em R$10,15/kg.

Mas cabe ressaltar que o maior ritmo de venda, natural para esse período do ano, trouxe firmeza às cotações, que estão no maior patamar do ano.

Fonte: Scot Consultoria

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO