Associação lança o prêmio “Top Produtor Carne Angus”

A avaliação será feita com base em dados do Programa Carne Angus, entre 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2021; vencedores serão conhecidos no início de 2022.
Foto: Eduardo Rocha

A Associação Brasileira de Angus lança, neste mês, o prêmio “Top Produtor Carne Angus”. A iniciativa visa premiar os produtores com maior entrega e porcentagem de certificação no Programa Carne Angus Certificada nos estados onde há unidades frigoríficas certificadas; atualmente, são sete estados do Brasil Central (SP, MS, MT, GO, PA, RO e TO) e três da região Sul do país (RS, SC e PR).

A avaliação será feita com base em dados do Carne Angus de 1º de janeiro de 2021 a 31 de dezembro de 2021. Os vencedores serão conhecidos no início de 2022.

Para participar, o produtor precisa estar cadastrado no protocolo Angus junto à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e ter abatido, no mínimo, cem animais no período.

O diretor do Programa Carne Angus, Milton Moraes Filho, ressalta que o prêmio deve manter-se na ABA como uma forma de reconhecimento ao trabalho dos produtores Angus. “A ideia é que tenhamos outras edições pela frente”, disse. Em função da pandemia, a Angus teve que frear a realização de concursos de carcaças. Em 2020, por exemplo, apenas um foi promovido em parceria com o Frigorífico Verdi.

“Esse prêmio é diferente do concurso, mas ele veio para ficar, com o intuito de reconhecer o trabalho dos produtores, já que as informações avaliadas são geradas pelo Carne Angus”, destacou a gerente nacional do Programa Carne Angus Certificada, Ana Doralina Menezes.

Segundo informa a associação, o prêmio é dividido em quatro categorias: Top Quantidade, Top Qualidade, Top Produtor e Top Revelação. A primeira identifica o produtor com o maior número de animais Angus certificados durante o período estipulado por estado; a segunda, premia o pecuarista que obteve o maior índice de animais certificados dentre o total de cabeças abatidas.

Já a categoria Top Produtor condecora o produtor que teve o maior número de animais certificados na sua região (Brasil Central e região Sul). Além disso, a Angus reconhecerá o produtor que começou a abater no Programa Carne Angus em 2021 e obteve o maior índice de animais certificados no período em questão; será necessário obter, no mínimo, 70% de certificação dos animais abatidos. Todas as categorias irão reconhecer os três primeiros lugares com premiação.

Fonte: Ascom ABA

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.