Cepea: aumenta a competitividade da carne de frango ante a suína e a bovina

Para a carne bovina, a menor oferta de animais para abate tem motivado altas nos preços da carne

O aumento de preços das carnes bovina e suína eleva no mercado interno a competitividade da carne de frango, cujas cotações vêm recuando, diz o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Entre 1º e 24 de novembro o frango inteiro resfriado comercializado no atacado da Grande São Paulo se desvalorizou 9,1%, para R$ 6,96/kg na quarta-feira, 24.

Na contramão, a maior demanda da agroindústria por novos lotes de suínos para vendas de fim de ano, sustentam os preços. Na região da capital paulista, a carcaça especial suína negociada no atacado se valorizou 15,4% de 1º a 24 de novembro, atingindo R$ 10,91/kg na quarta.

Para a carne bovina, a menor oferta de animais para abate tem motivado altas nos preços da carne, segundo o Cepea. Na parcial de novembro, a carcaça casada bovina negociada no atacado da Grande São Paulo se valorizou 13,3%, cotada a R$ 20,50/kg na quarta-feira.

VEJA TAMBÉM | Cepea: arroba do boi gordo supera em novembro preços da carne bovina no atacado

O frango inteiro resfriado foi comercializado na quarta a 3,96 reais/kg abaixo da carcaça especial suína. Na comparação com a carcaça casada bovina, o frango foi cotado a 13,54 reais/kg abaixo, aumento de 29,8% frente à diferença observada no dia 1º de novembro, informou.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.