Baixa oferta mantém preço da polpa cítrica em alta

Na parcial de julho, produto está custando 3,2% mais do que no mês anterior

A menor produção de laranja na safra atual frente a anterior (queda de 27,6%), mantém o preço da polpa cítrica firme no mercado interno, mesmo com as recentes quedas no preço do milho. Segundo levantamento da Scot Consultoria, em São Paulo, a tonelada da polpa cítrica peletizada está cotada, em média, em R$ 530, sem o frete.

Com a valorização do insumo maior que a alta de preço da arroba do boi gordo, a relação de troca piorou 81,4% em julho para o pecuarista, na comparação com o mesmo período do ano passado. Atualmente são necessárias 3,78 arrobas de boi gordo para a compra de uma tonelada de polpa cítrica, frente às 2,08 em julho de 2017.

Na comparação com o mês anterior a cotação da polpa cítrica teve alta de 3,2%, enquanto a arroba do boi gordo subiu 0,2%. Com isso, a relação de troca teve queda de 3% na comparação mensal.

Vale lembrar que o mercado de insumos segue travado em boa parte do país em decorrência das indefinições do tabelamento do frete rodoviário.

Para o curto e médio prazos, a expectativa é de que a oferta reduzida de polpa cítrica mantenha o mercado com preços sustentados. No entanto, a queda do milho, balizador neste mercado de concentrados energéticos, é um fator limitante para os aumentos nos preços da polpa.

Fonte: Scot Consultoria

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.