Balança comercial tem superávit de US$ 684 milhões na 2ª semana de fevereiro

Com o resultado da semana, no mês, a balança comercial brasileira acumula superávit de US$ 1,787 bilhão

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 684 milhões na segunda semana de fevereiro (10 a 16), segundo dados divulgados nesta segunda-feira, 17, pelo Ministério da Economia. No período, as exportações somaram US$ 3,812 bilhões e as importações, US$ 3,129 bilhões.

Com o resultado da semana, no mês, a balança comercial brasileira acumula superávit de US$ 1,787 bilhão, resultado de exportações de US$ 8,411 bilhões menos importações de US$ 6,624 bilhões. No ano, o saldo comercial deixou de ser deficitário e passa a acumular um pequeno superávit de US$ 52 milhões até a segunda semana de fevereiro. As vendas externas totalizam US$ 22,850 bilhões e as importações, US$ 22,799 bilhões no período.

Análise semanal

Continue a leitura após o anúncio

De acordo com os dados divulgados, a média das exportações da segunda de fevereiro foi de US$ 762,4 milhões, o que representou uma queda de 17,1% em relação à média exportada na primeira semana do mês (US$ 919,7 milhões).

Essa redução ocorreu em razão da queda nas exportações das três categorias de produtos: semimanufaturados (-43,8%, de 128,6 milhões para US$ 72,3 milhões, por conta de semimanufaturados de ferro/aço, ferro-ligas, celulose, ouro em formas semimanufaturadas, açúcar em bruto); manufaturados (-22,6%, de US$ 326,7 milhões para US$ 252,8 milhões, em razão de óleos combustíveis, tubos flexíveis de ferro ou aço, gasolina, centrifugadores e aparelhos para filtrar ou depurar, bombas, compressores e ventiladores) e básicos (-5,9%, de US$ 464,5 milhões para US$ 437,3 milhões, por conta de minério de ferro, carnes de frango, bovina e suína, minério de cobre, fumo em folha, café cru em grão).

Com relação às importações, a média diária foi de US$ 625,7 milhões, uma retração de 10,5% na comparação com a semana anterior (US$ 699,1 milhões). Essa queda pode ser explicada, principalmente, pela redução nos gastos com equipamentos eletroeletrônicos, farmacêuticos, veículos automóveis e partes, combustíveis e lubrificantes, filamentos e fibras sintéticas e artificiais.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print
2742961

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Notícias relacionadas:

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Cadastre-se e receba nossas notícias

Todos os dias no seu e-mail melhor conteúdo do agronegócio. 

Quais newsletter você gostaria de receber?
Notícias diárias (resumo do dia)Jornal de Leilões (semanal)