Basf prevê mais de 30 projetos de pesquisa e desenvolvimento até 2030

Intenção da companhia é complementar sua oferta integrada de sementes, defensivos e serviços digitais
Foto: Getty Images

A Basf prevê desenvolver até 2030 mais de 30 grandes projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) para complementar sua oferta integrada de sementes, defensivos e serviços digitais. As inovações terão um potencial de vendas estimado em mais de 7,5 bilhões de euros, segundo nota da empresa, e devem contribuir para atingir o objetivo de aumentar em até 7% ao ano a oferta de soluções consideradas “sustentáveis”.

Segundo a empresa, a divisão de Soluções para Agricultura investe aproximadamente 900 milhões de euros em P&D anualmente. A companhia tem metas de sustentabilidade para seus negócios agrícolas até 2030 e, além de aumentar a participação de soluções sustentáveis nas vendas anuais, quer apoiar agricultores a reduzirem em 30% suas emissões de gases de efeito estufa por tonelada produzida. Também planeja fazer chegar tecnologias digitais a mais de 400 milhões de hectares de terras.

Em novembro de 2020, a Basf e a Bosch assinaram um acordo de joint venture, ainda sujeito à aprovação de autoridades antitruste, para comercializar soluções agrícolas inteligentes, como uma nova tecnologia que reconhece as plantas daninhas e permite aplicação precisa de herbicidas.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

As apostas são altas para o futuro da produção de carne no Brasil. Veja o que dizem as lideranças ouvidas para o Especial Perspectivas 2021 do Anuário DBO. Assista:

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.