Café: BB vai permitir ao produtor prorrogar dívida

Débito poderá ser quitado em até cinco anos com primeira parcela para 2021

O Banco do Brasil lançou na terça-feira, 22 de outubro, uma medida emergencial para renegociação e prorrogação de dívidas de produtores de café, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que havia apresentado o pedido junto com a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg) e a Frente Parlamentar do Café.

Pela proposta, o produtor poderá prorrogar o débito em até cinco anos – a primeira parcela pode ser paga em 2021. “A diferença, no entanto, é o caráter emergencial, que garante a manutenção das taxas de juros contratuais”, diz a CNA em nota.

Continue a leitura após o anúncio

Segundo informações do Banco do Brasil, essa linha não anulará a linha de crédito de renegociação do Banco do Brasil já disponibilizada, com prazo de até 12 anos, incluindo até 3 anos de carência.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO