Bezerro: Indicador acompanha boi gordo e fica estável

Na avaliação das consultorias, mercado da reposição passou a ficar mais devagar depois da estiagem de janeiro

Com o mercado do boi gordo andando de lado, o Indicador Bezerro ESALQ/BM&FBovespa (animal Nelore, de 8 a 12 meses) acompanha esse movimento, registrando pequenas oscilações nesta semana. Na quarta-feira, fechou a R$ 1.228,52, na praça do Mato Grosso do Sul, com ligeira valorização de 0,5% sobre o dia anterior, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

No acumulado do mês, o preço atual do bezerro na praça do MS também mostra certa estabilidade, também com pequena alta de 0,5% em relação ao valor de 31 de janeiro, de R$ 1.222,03.

Na avaliação das consultorias, o mercado da reposição passou a ficar mais devagar a partir do registro de um período de estiagem (em dezembro e janeiro, principalmente) nas principais regiões pecuárias, o que prejudicou o desenvolvimento das pastagens.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Revista DBO | Nova revolução no cocho

VEJA os destaques da edição de agosto e o Especial Confinamento; na capa, com quase nada ou zero volumoso, a chamada ‘dieta fast’ ganha os cochos, melhora o desempenho dos animais e simplifica as operações.

Revista DBO | Nova revolução no cocho

VEJA os destaques da edição de agosto e o Especial Confinamento; na capa, com quase nada ou zero volumoso, a chamada ‘dieta fast’ ganha os cochos, melhora o desempenho dos animais e simplifica as operações.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.