BNDES suspende pedidos de financiamento para o Programa ABC

Assim como tem sido feito com outros programas de financiamento, a forte demanda por recursos causou a suspensão das operações

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou ter suspendido em 5 de novembro novos pedidos de financiamento para o Programa para Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agricultura (Programa ABC). Segundo o BNDES, o bloqueio abrange as linhas ABC Recuperação, ABC Orgânico, ABC Plantio Direto, ABC Integração, ABC Florestas, ABC Tratamento de Dejetos, ABC Dendê, ABC Fixação e ABC Cultivos Permanentes.

Saiba mais
Em 8 anos, ILPF reduz área de pasto degradado equivalente ao território do Reino Unido

O banco de fomento comunicou anteriormente o bloqueio de novas solicitações de recursos dos programas Moderfrota, voltado à aquisição de máquinas e implementos agrícolas, e PCA, para silos e armazéns. Assim como nas ocasiões anteriores, o BNDES explicou que a medida referente ao Programa ABC se deve ao “nível de comprometimento dos recursos disponíveis para o ano agrícola 2020/21”.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.