Bovinocultura puxa aumento na estimativa do VBP da pecuária em Mato Grosso

Projeção do Imea é de que as receitas da pecuária em MT somem R$ 30,37 bilhões ao longo de 2021, alta de 25,7% sobre o desempenho do ano passado

A terceira atualização do Valor Bruto de Produção (VBP) indica que a atividade pecuária alcançará R$ 30,37 bilhões neste ano em Mato Grosso.

A cifra corresponde a um aumento de 25,77% em relação aos números de 2020 e de 2,18% em relação à projeção anterior. Esse incremento se deve, principalmente, ao aquecimento da bovinocultura mato-grossense.

Os dados são calculados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), com periodicidade trimestral, e indicam que a alta na pecuária coincide com o comportamento verificado também nos números totais do VBP em Mato Grosso.

SAIBA MAIS | Bezerro cai em Mato Grosso, invertendo o cenário da relação de troca com o boi gordo, revela Imea

A projeção é que as atividades agrícolas e pecuárias somem R$ 139,46 bilhões ao longo de 2021, em um desempenho que supera em 34,17% o patamar de 2020 e amplia em 1,35% a segunda estimativa deste ano feita pelo instituto.

Embora a ampliação na estimativa tenha sido percebida em todas as cadeias produtivas da pecuária, o aumento mais expressivo ocorreu na bovinocultura: 29,92% em relação aos números de 2020. As receitas geradas pela suinocultura e pela avicultura em Mato Grosso têm estimativa de ampliação de 12,31% e 7,71%, respectivamente, na comparação anual.

“Os volumes de produção na pecuária caíram 3,5% neste ano até agora, pois estamos vivendo um momento sazonal de restrição no abate de bovinos devido ao estágio atual do ciclo pecuário. Porém, houve uma valorização de 37,7% no preço da arroba do boi gordo, motivada pela demanda firme por carne para exportação e pela baixa oferta de animais”, contextualiza o diretor de Operações do Imac, Bruno de Jesus Andrade.

O VBP é um indicador que analisa o desempenho das principais atividades econômicas do agro no estado, projetando seu faturamento bruto. Para o setor pecuário, utiliza-se um modelo estatístico de estimativa considerando a produção de proteínas e o preço médio final dos produtos.

Em Mato Grosso, a agricultura compõe 78,2% do VBP total, e a pecuária, 21,8%. Abrindo por setores produtivos, 47,54% do indicador vêm da cultura da soja e a bovinocultura participa com 18,08%. Já a produção de milho responde por 17% das receitas totais.

Fonte: Ascom Imea

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.