Bovinocultura puxa aumento na estimativa do VBP da pecuária em Mato Grosso

Projeção do Imea é de que as receitas da pecuária em MT somem R$ 30,37 bilhões ao longo de 2021, alta de 25,7% sobre o desempenho do ano passado

A terceira atualização do Valor Bruto de Produção (VBP) indica que a atividade pecuária alcançará R$ 30,37 bilhões neste ano em Mato Grosso.

A cifra corresponde a um aumento de 25,77% em relação aos números de 2020 e de 2,18% em relação à projeção anterior. Esse incremento se deve, principalmente, ao aquecimento da bovinocultura mato-grossense.

Os dados são calculados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), com periodicidade trimestral, e indicam que a alta na pecuária coincide com o comportamento verificado também nos números totais do VBP em Mato Grosso.

SAIBA MAIS | Bezerro cai em Mato Grosso, invertendo o cenário da relação de troca com o boi gordo, revela Imea

A projeção é que as atividades agrícolas e pecuárias somem R$ 139,46 bilhões ao longo de 2021, em um desempenho que supera em 34,17% o patamar de 2020 e amplia em 1,35% a segunda estimativa deste ano feita pelo instituto.

Embora a ampliação na estimativa tenha sido percebida em todas as cadeias produtivas da pecuária, o aumento mais expressivo ocorreu na bovinocultura: 29,92% em relação aos números de 2020. As receitas geradas pela suinocultura e pela avicultura em Mato Grosso têm estimativa de ampliação de 12,31% e 7,71%, respectivamente, na comparação anual.

“Os volumes de produção na pecuária caíram 3,5% neste ano até agora, pois estamos vivendo um momento sazonal de restrição no abate de bovinos devido ao estágio atual do ciclo pecuário. Porém, houve uma valorização de 37,7% no preço da arroba do boi gordo, motivada pela demanda firme por carne para exportação e pela baixa oferta de animais”, contextualiza o diretor de Operações do Imac, Bruno de Jesus Andrade.

O VBP é um indicador que analisa o desempenho das principais atividades econômicas do agro no estado, projetando seu faturamento bruto. Para o setor pecuário, utiliza-se um modelo estatístico de estimativa considerando a produção de proteínas e o preço médio final dos produtos.

Em Mato Grosso, a agricultura compõe 78,2% do VBP total, e a pecuária, 21,8%. Abrindo por setores produtivos, 47,54% do indicador vêm da cultura da soja e a bovinocultura participa com 18,08%. Já a produção de milho responde por 17% das receitas totais.

Fonte: Ascom Imea

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.