Brangus Boitatá negocia reprodutores ao valor médio de R$ 18.729

Evento anual do criatório paranaense ofertou exemplares CEIP avaliados e com índices de características de carcaça feitas por ultrassonografia
Foto: Reprodução / YouTube

Os selecionadores Antonio Celso de Oliveira Figueiredo e Alan Figueiredo apartaram de seu plantel novos lotes de touros registrados, prontos para o serviço a campo e com genética apurada para ofertar durante a nona edição do “Top Leilão Brangus Boitatá”.

O remate presencial e virtual, realizado na tarde de 28 de maio em Cascavel (PR), apresentou ao mercado exemplares CEIP homozigotos pretos e/ou mochos, com índices de características de carcaça feitas por ultrassonografia e avaliados pelo Programa Natura. A receita bateu em R$ 636.800.

Passaram pelo martelo do leiloeiro rural Max Tedy Teixeira 34 reprodutores melhoradores das safras 2019 e 2020 ao preço médio geral de R$ 18.729 – valor equivalente a 63,[email protected] de boi gordo para pagamento à vista na região Noroeste do PR (R$ 293,5/@), segundo a Scot Consultoria.

A Cabanha Boitatá – que também seleciona Cavalos Crioulos – possui propriedades nos municípios paranaenses de Lindoeste, Realeza e Três Barras, acumulando quase 20 anos de seleção e melhoramento genético com a raça Brangus.

A organização do evento comercial ficou a cargo da Panorama Leilões, com transmissão pelo site e canal da leiloeira no YouTube. Pagamentos: 20 parcelas.

Acompanhe os resultados dos principais pregões de todo o Brasil no Jornal de Leilões

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.