Brangus é destaque em leilão da Terra Boa em Guararapes

Negócios envolveram seis fêmeas e 50 touros à média de R$ 16.100, valor equivalente a [email protected]
Foto: Reprodução / Facebook

O criador José Luiz Niemeyer dos Santos, titular da Fazenda Terra Boa, recebeu no dia 7 de julho pecuaristas e convidados de todo o Brasil na sede de sua propriedade em Guararapes, no interior de São Paulo, para mais uma edição do tradicional “Leilão Touros Terra Boa”.

O evento, que faz parte da programação oficial da Expô Araçatuba 2019, ofertou fêmeas e machos Brangus e Nelore – divididos em lotes individuais e dois megalotes – e faturou R$ 2,1 milhões com a venda de 177 animais, média geral de R$ 12.154.

Continue a leitura após o anúncio

“Registramos total liquidez. Os preços médios ficaram dentro das expectativas, na faixa das médias históricas dos leilões anteriores. Isso demonstra a confiabilidade do remate junto aos nossos clientes, incluindo compradores de dez estados brasileiros”, comenta José Luiz Niemeyer.

No Brangus, os negócios envolveram seis fêmeas e 50 touros à média de R$ 16.100, valor equivalente a 103 arrobas de boi gordo para pagamento à vista na praça (R$ 155/@), segundo a Scot Consultoria. De acordo com o Banco de Dados da DBO, foi a maior média obtida pela raça composta em 2019. “O valor médio pelas fêmeas Brangus nos surpreendeu positivamente”, aponta o criador.

O touro JT 1555 Cacique promoveu as maiores disputas entre os presentes durante o pregão e se tornou o lote mais valorizado da tarde. O vencedor foi João Batista Dória Ramos, que investiu R$ 46.500 para adquirir o reprodutor Brangus de quatro anos, 866 kg e CE 44,5.

Noventa reprodutores Nelore PO foram comercializados à média de R$ 10.723. Na conversão por boi gordo, o valor equivale a [email protected] para pagamento à vista. Também foram negociadas 31 matrizes por R$ 9.183, em média.

O rebanho zebuíno é avaliado pelo Programa Nelore Brasil, da Associação Nacional dos Criadores e Pesquisadores (ANCP) e pelo Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos da ABCZ. Já o plantel Brangus JT integra as avaliações do Programa Natura, da GenSys. Todos os animais saíram com registro definitivo e avaliação de ultrassonografia de carcaça.

“Tradicionalmente selecionamos animais produtivos, funcionais e de qualidade genética, fruto de mais de 50 anos dedicados à pecuária. Creio que estes fatores, aliado ao nosso trabalho de pós-venda, garante segurança aos investidores”, avalia José Luiz Niemeyer.

Com transmissão através do Canal Rural, a organização foi da Central Leilões e captação dos lances para pagamentos em 24 parcelas coordenada pelo leiloeiro João Campo.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO