Brasil deve ampliar exportação vacinas em 2019

Embarques ajudariam a escoar a produção no período em que o país inicia a retirada da vacinação contra aftosa
Foto: Mapa

O secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Luís Rangel, avalia que a exportação de vacinas, principalmente para a China, será uma alternativa de mercado para as indústrias brasileiras colocarem sua produção, quando o Brasil iniciar a retirada gradual da vacinação contra a aftosa, a partir de maio do próximo ano. As indústrias produzem cerca de 300 milhões de doses anuais de vacinas contra a aftosa. “É importante manter as fábricas desses produtos pujantes, porque elas fizeram altos investimentos para atingirem a qualidade e eficácia que têm atualmente”, completou Rangel.

O secretário explicou que falta construir um protocolo de manipulação de vírus exóticos, não autorizados no Brasil, até o momento, pelo risco biológico que oferecem. A proibição poderá acabar, pois a Comissão Sul-Americana para a Luta Contra a Febre Aftosa (Cosalfa) aponta como necessária à formação de um banco de antígenos, estratégicos para utilização em caso de reintrodução da aftosa em qualquer um dos países da América do Sul.

Continue a leitura após o anúncio

A instalação do Banco Regional de Antígenos/Vacinas contra a Febre Aftosa (Banvaco), apoiada pelo Brasil, também poderá demandar parte da produção nacional. Estimativas apontam que o estoque estratégico de antígenos (matéria prima da vacina) deve ser suficiente para produzir de 10 milhões a 15 milhões de doses, para atender eventuais emergências sanitárias (focos de doenças). Os Estados Unidos e o Canadá já demostraram interesse em participar da implantação do banco.

Fonte: Mapa

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO