Brasil deve exportar 72 milhões de toneladas de soja e até 40 milhões de t de milho

De acordo com a Anec, questões como o coronavírus e o acordo comercial entre China e EUA, ainda não tiveram impacto sobre o ritmo de embarques ao exterior

A Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) projetou na quinta-feira, 13, em evento de previsão de safra em Brasília, que o Brasil exportará 72 milhões de toneladas de soja e 40 milhões de toneladas de milho em 2020.

Segundo diretor-geral da Anec, Sérgio Mendes, há uma série de “imprevisibilidades” no horizonte, como o coronavírus e a primeira fase do acordo entre Estados Unidos e China, mas, por enquanto, nenhuma dessas duas questões teve impacto sobre o ritmo de embarques ao exterior de soja.

“Há uma preocupação (com o coronavírus). Mas o desembarque é todo automatizado, não tem contato pessoal. As companhias de seguro estão recomendando que a tripulação não desça, e tem o controle chinês também”, afirmou Mendes.

Continue a leitura após o anúncio

O dólar em alta é “favorável” para gerar oportunidades de venda para o exportador, mas pode dificultar a compra de insumos da próxima safra, segundo Mendes. Para ele, oscilações muito fortes da moeda dificultam o planejamento do setor. Sobre a primeira fase do acordo sino-americano, por ora não houve reflexo na demanda por soja brasileira.

“Por enquanto, para nós, está tudo bem. Mas tem essas preocupações com coronavírus, peste suína, pode ter uma pressão maior dos norte-americanos em cima dos chineses para cumprimento de contratos.”

Os embarques de soja do País ainda estão lentos, segundo Mendes, em virtude do atraso no plantio, que provocou atraso na colheita do País. No caso do milho, ele ressaltou que as exportações do País devem ficar entre 30 milhões e 40 milhões de toneladas. O ritmo forte do ano passado – estimado pela Anec em torno de 41 milhões de toneladas – não deve se repetir para garantir o abastecimento interno, conforme Mendes.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print
2742961

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Notícias relacionadas:

Leia também

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Cadastre-se e receba nossas notícias

Todos os dias no seu e-mail melhor conteúdo do agronegócio.