Brasil exporta embriões bovinos para Colômbia

Central embarcou produtos oriundos de matrizes Girolando e sêmen de touros Holandeses

 

Continue a leitura após o anúncio

O Brasil já começou oficialmente a exportar embriões para a Colômbia, após o acordo sanitário assinado em dezembro do ano passado. A regional da ABS do município de Mogi Mirim, SP, enviou, para a unidade de Bogotá na última semana, produtos da raça Girolando, frutos de doadoras Gir da Fazenda Canto Porto e sêmen da bateria de touros Holandeses da ABS. São acasalamentos direcionados através do programa Genetic Management System (GMS).

Os embriões partiram do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), e chegaram ao Aeroporto Internacional El Dorado, na capital colombiana. Antes do embarque, os produtos seguiram uma série de exigências. “Foi uma exportação feita totalmente por vias legais, seguindo o protocolo sanitário acordado entre os dois países em 2017. E, sem dúvida, significou a abertura oficial deste importante mercado para a genética brasileira”, afirma Namíbia Teixeira, gerente de comércio exterior da ABS.

Fonte: ABS

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO