Cade aprova operação entre Basf e Bayer

Negócio foi autorizado sem restrições e faz parte da aquisição da Monsanto pela Bayer

A Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições o ato de concentração envolvendo a Basf SE e Bayer Aktiengesellschaft. O despacho pela aprovação está publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 30 de abril.

Segundo informações disponibilizadas pelo Cade sobre o negócio, “a operação decorre de negociações com a Comissão Europeia e com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos relativas à aquisição da Monsanto Company pela Bayer, pelas quais a Bayer concordou em alienar o negócio desinvestido de sementes de hortaliças (bem como ativos adicionais) à Basf, além do remédio que a Bayer acordou com o Cade no contexto daquela operação”.

No último dia 5 de março, Basf e Bayer formalizaram uma carta de intenções em relação à aquisição do negócio desinvestido de sementes de hortaliças. Segundo o Cade, como resultado da alienação do negócio, a Basf exercerá controle exclusivo sobre todos os ativos do negócio.

“Segundo as Requerentes, a alienação do Negócio Desinvestido de Sementes de Hortaliças permitirá à Bayer obter as aprovações antitruste necessárias à conclusão da operação de aquisição da Monsanto, bem como cumprir com a condição determinada pelo pacote de remédios imposto pelas autoridades de defesa da concorrências (Cade, Comissão Europeia e US DOJ)”, diz o parecer do Cade.

A aquisição do Negócio Desinvestido de Sementes de Hortaliças possibilitará à Basf “preencher uma lacuna em seu portfólio, reforçando seu compromisso com a agricultura, inovação e crescimento no longo prazo”.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDOA Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições o ato de concentração envolvendo a Basf SE e Bayer Aktiengesellschaft. O despacho pela aprovação está publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 30 de abril.

Segundo informações disponibilizadas pelo Cade sobre o negócio, “a operação decorre de negociações com a Comissão Europeia e com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos relativas à aquisição da Monsanto Company pela Bayer, pelas quais a Bayer concordou em alienar o negócio desinvestido de sementes de hortaliças (bem como ativos adicionais) à Basf, além do remédio que a Bayer acordou com o Cade no contexto daquela operação”.

No último dia 5 de março, Basf e Bayer formalizaram uma carta de intenções em relação à aquisição do negócio desinvestido de sementes de hortaliças. Segundo o Cade, como resultado da alienação do negócio, a Basf exercerá controle exclusivo sobre todos os ativos do negócio.

“Segundo as Requerentes, a alienação do Negócio Desinvestido de Sementes de Hortaliças permitirá à Bayer obter as aprovações antitruste necessárias à conclusão da operação de aquisição da Monsanto, bem como cumprir com a condição determinada pelo pacote de remédios imposto pelas autoridades de defesa da concorrências (Cade, Comissão Europeia e US DOJ)”, diz o parecer do Cade.

A aquisição do Negócio Desinvestido de Sementes de Hortaliças possibilitará à Basf “preencher uma lacuna em seu portfólio, reforçando seu compromisso com a agricultura, inovação e crescimento no longo prazo”.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on email
Email
Share on pocket
Pocket

Posts Relacionados:

Menu

GALERIA DE FOTOS DO INSTAGRAM

Acompanhe e compartilhe:

Fechar Menu
×
×

Carrinho