Caixa terá pré-custeio com juros reduzidos

Linha de crédito para a safra 2018/2019 terá condições melhores para as culturas da soja, milho, arroz e algodão

A Caixa Econômica Federal oferecerá linha de crédito para pré-custeio da safra 2018/2019 a juros mais baixos para as culturas da soja, milho, arroz e algodão. Em nota, o banco diz que os quatro produtos consumiram na última safra 67% dos recursos de custeio.

O Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) terá juros de 6,7% ao ano, contra 7,5% ao ano cobrados no Plano Safra 2017/18. Agroindústrias e cooperativas terão taxas a partir de 7,5% ao ano e demais produtores pessoas físicas pagarão juros de 7,7% ao ano. "O médio produtor que contratar uma operação no valor de R$ 1,5 milhão com prazo de 12 meses (de amortização), por exemplo, economizará cerca de R$ 12 mil", disse em nota o diretor de Produtos de Varejo da Caixa, Humberto Magalhães.

Continue a leitura após o anúncio

Segundo o banco, as taxas reduzidas abrangem também as operações de estocagem da safra vigente, o custeio pecuário para todos os produtores pessoas físicas, as linhas de adiantamento a cooperados, de industrialização para cooperativas de produção e de custeio da integração (de aves e suínos) para agroindústrias que atuam nestes dois segmentos. As taxas promocionais serão ofertadas até o final de março.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO