Carnaval pode dar ânimo ao mercado do boi gordo, aponta analista

Previsão é de que o preço do boi gordo tenha valorizações mais consistentes a partir da segunda metade do mês

A zootecnista Juliana Pila, analista da Scot Consultoria, de Bebedouro, SP, acredita que a demanda pela carne bovina possa melhorar a partir desta segunda quinzena do mês, influenciada pelos preparativos para o Carnaval.

Na opinião de Juliana, não há nada que indique que o consumo de carne bovina irá “bombar” no curto prazo, a ponto da indústria sair ‘correndo’ desesperadamente atrás da matéria-prima.

Continue a leitura após o anúncio

No entanto, como o Carnaval é um período festivo e, no Brasil, quase toda festa é acompanhada pelo tradicional churrasco, é bem provável que os frigoríficos tenham que entrar um pouco mais com força no mercado do boi, para garantir os estoques.

Portanto, diz Juliana, é possível que o preço do boi gordo tenha valorizações mais consistentes a partir desta segunda metade do mês em relação à primeira quinzena de fevereiro, quando as cotações andaram praticamente de lado justamente pelo baixo consumo de carne bovina.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO