Carne bovina: Embarques do Brasil ganham força na terceira semana do mês

No acumulado das três semanas de junho, foram exportadas 97,5 mil/t

Durante a terceira semana deste mês, as exportações brasileiras de carne bovina in natura se intensificaram, atingindo 44,13 mil toneladas no período, um acréscimo de 51,37% sobre o volume registrado na semana anterior, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

No acumulado das três semanas de junho, foram embarcadas 97,5 mil toneladas, com uma média diária de 7,5 mil toneladas/dia, avanço de 3,76% em relação à média de junho/20 e 24,4% superior à média diária de maio/21.

O preço da carne bovina também segue em alta, registrando acréscimo de 0,70% no comparativo semanal, para US$ 5,16 mil/tonelada, em média.

Com isso, nas três semanas do mês, a receita com as vendas externas de carne bovina in natura alcançou US$ 503,56 milhões, o que significa uma média diária de US$ 38,74 milhões, 24,56% acima do valor obtido no mesmo período de 2020.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

A aposta do Grupo Webler na cria

VEJA os destaques da edição de julho da Revista DBO; na capa, o Grupo Webler, forte em agricultura e pecuária, está dobrando a aposta na intensificação da cria em sua propriedade em Sapezal, no noroeste de Mato Grosso

A aposta do Grupo Webler na cria

VEJA os destaques da edição de julho da Revista DBO; na capa, o Grupo Webler, forte em agricultura e pecuária, está dobrando a aposta na intensificação da cria em sua propriedade em Sapezal, no noroeste de Mato Grosso

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.