Carne bovina: volume de exportações em julho/22 fica bem próximo do recorde histórico para o mês

Brasil embarcou 167,3 mil toneladas da proteína in natura no mês passado, com faturamento superior a US$ 1 bilhão, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior

O Brasil exportou 167,3 mil toneladas de carne bovina in natura em julho/22, resultado ligeiramente superior (aumento de 1%) ao total embarcado em igual mês de 2021, segundo dados divulgados nesta terça-feira, 2 de agosto, pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

“Foi o segundo melhor julho da história”, informa o economista Yago Travagini, da consultoria Agrifatto.

Segundo ele, o resultado recorde para julho foi alcançado em 2020, quando 169,27 mil toneladas de proteína bovina foram embarcadas pelo País.

Em receita, as vendas externas computadas em julho/22 geraram US$ 1,09 bilhão, 21,6% acima do faturamento arrecadado no mesmo período em 2021 e “o melhor resultado mensal de 2022”, destaca o analista da Agrifatto.

SAIBA MAIS | Carne bovina: Conab estima aumento de 15% nas exportações brasileiras em 2022

No mês passado, o valor médio da carne bovina exportada ficou em US$ 6.548/tonelada, alta de 20% sobre o preço médio de julho de 2021, de acordo com a Secex.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Revista DBO | Nova revolução no cocho

VEJA os destaques da edição de agosto e o Especial Confinamento; na capa, com quase nada ou zero volumoso, a chamada ‘dieta fast’ ganha os cochos, melhora o desempenho dos animais e simplifica as operações.

Revista DBO | Nova revolução no cocho

VEJA os destaques da edição de agosto e o Especial Confinamento; na capa, com quase nada ou zero volumoso, a chamada ‘dieta fast’ ganha os cochos, melhora o desempenho dos animais e simplifica as operações.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.