Menu
Menu

Cenário de fim de ano deve ser favorável para a carne bovina

Para Leonardo Alencar, do Minerva, competitividade frente a outras proteínas deve ajudar
Foto: Grupo Adir

O cenário de fim de ano no Brasil deve ser favorável à carne bovina. Esta é a opinião de Leonardo Alencar, gerente executivo de Business Intelligence do Minerva. Para ele, além da alta de consumo já esperada para a época, a melhora da situação em relação a proteínas substitutas também devem ajudar o setor. “No começo do ano os valores das carnes de frango e suínos estavam muito baixos, mas depois do aumento dos grãos e da greve dos caminhoneiros eles se ajustaram bastante. Temos um cenário de proteínas substitutas em patamares mais normais de mercado, não atrapalhando as vendas de carne bovina”.

Em relação ao consumo, o quarto trimestre do ano costuma ser o melhor momento para o setor no mercado brasileiro. Mesmo com a economia debilitada, Alencar acredita que as vendas de carne bovina estarão firmes no período. “Ficamos com uma dúvida em relação ao cenário econômico do país, mas 2017, em que a situação estava pior, teve final de ano muito forte”. Além disso, a desvalorização do real pode desestimular viagens ao exterior, fortalecendo o consumo interno nas festas de fim de ano.

Por outro lado, a questão cambial pode desfavorecer o mercado interno em relação ao externo na hora do direcionamento da produção. “O câmbio desvalorizado estava favorecendo muito as exportações, então a briga estava injusta, mas com um patamar um pouco mais baixo e a economia aquecendo, vemos o mercado interno respondendo melhor”, afirma Alencar.

Demanda internacional

De acordo com o gerente executivo, a demanda externa por carne surpreendeu esse ano e deve continuar em alta. “A produção foi maior no mundo todo, mas a demanda foi mais forte e tivemos preços melhores esse ano. A China continua crescendo, o Sudeste Asiático também muito forte, e Oriente Médio e Norte da África são muito interessantes”, afirma.

A procura chinesa, por sinal, ainda tem muito espaço para crescer. “A média de consumo mundial de carne bovina é de 10 kg per capita e na China é metade disso. Mesmo que eles não cheguem na média, se forem para 6, 7 kg, pelo tamanho da população, é muita coisa. Isso falando só de volume. Se falarmos de explorarmos outros canais, outros cortes dentro do mercado chinês, há muito potencial”.

Fonte: Portal DBO.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×

Carrinho

Você + Portal DBO

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter e receba diariamente o melhor do agronegócio em seu e-mail.