[full-banner-1170-x-134-home-geral1]

Cérebro “eletrônico” no apoio ao pecuarista

Plataforma digital só precisa de algumas informações de campo para apontar quais decisões podem trazer os melhores resultados

Por Ariosto Mesquita

O que leva um profissional a abrir mão de uma carreira bem-sucedida, com boa remuneração, à frente de um grupo empresarial sólido da pecuária brasileira, para começar um negócio “do zero”? Essa certamente foi a pergunta que muitos fizeram ao final de 2020, quando Paulo Dancieri, então principal executivo da Coimma (especializada em troncos, balanças e tecnologia para o agronegócio), pediu demissão para tocar sua própria empresa: a então desconhecida startup Bovexo.

Hoje, ele próprio responde: “A contribuição que eu posso oferecer atualmente para a pecuária e para a minha satisfação pessoal é maior produzindo ciência e tecnologia. Foi uma decisão de risco, mas ao mesmo tempo estimulante e recompensadora”.

Quase um ano depois, a guinada de Dancieri se desenha bem planejada e estratégica. Sua startup, criada em 2019 em sociedade com o administrador Carlos Jorge Pinto Gomes, começou em 2021 a ocupar uma lacuna de mercado que ele vislumbrou enquanto comandava a Coimma e comercializava, dentre outras coisas, a balança de passagem (Balpass), tecnologia de pesagem de animais a campo, desenvolvida na Embrapa Gado de Corte (Campo Grande, MS).

Sua angústia vinha da percepção de que a imensa maioria das ferramentas digitais disponíveis no mercado captava informações, mas não as tratava. Nesta situação, pelo seu ponto de vista, o pecuarista recebia dados sem o acompanhamento de subsídios sobre o que fazer com eles, pois não havia uma análise interpretativa e preditiva do processo produtivo.

Paulo Dancieri, sócio da Bovexo.

“A Bovexo é uma plataforma digital construída para fazer com que o pecuarista tome decisões mais assertivas e aumente sua margem de lucro. É uma espécie de cérebro que processa informações para deixar o produtor livre para cumprir sua principal rotina, que é pesar seus animais. Esta é a informação mais significativa que ele tem de injetar. A partir dela, o sistema vai fazendo as recomendações”, explica.

A ferramenta foi testada ao longo de 2020 e chegou definitivamente ao mercado em fevereiro deste ano. Até meados de agosto, segundo Dancieri, a Bovexo atendia uma clientela detentora de 40.000 animais (15% em confinamento e 85% a pasto). Quem contrata o serviço paga uma licença de uso cujo valor (não divulgado por ser estratégico) é determinado em R$/cabeça/mês. A taxa mínima é de um salário mínimo para uso em até 100 cabeças.

Não há contrato estipulado em meses. Não amarramos fidelidade. O produtor deve usar a Bovexo enquanto for útil para ele”, garante o empresário.

Como funciona

Este cérebro digital (que pode ser alimentado e atualizado) funciona como um acumulador de premissas zootécnicas, detalhes genéticos das principais raças e de informações gerais sobre as variáveis que influenciam a atividade pecuária.

“A Bovexo utiliza inteligência artificial (base de algoritmos) para apontar os caminhos para o pecuarista. Não é uma ferramenta de gestão e não usa machine learning, avisa Dancieri se referindo ao “aprendizado de máquina”, que é a capacidade dos computadores em ‘aprender’ sem terem sido necessariamente programados.

Além dos aspectos internos relacionados à propriedade, a Bovexo é alimentada com informações externas de mercado. “Hoje trabalhamos com a curva de preço futuro em parceria com a Carta Pecuária”, informa, referindo-se ao informativo elaborado por Rogério Goulart, de Dourados, MS. O instrumento usa o conhecimento de seus algoritmos para processar muitas variáveis, apontando caminhos para as decisões do pecuarista.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

This post is only available to members.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print
2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.