China compra 2,6 mil toneladas de carne suína dos Estados Unidos na semana

Segundo o Departamento de Agricultura dos EUA, o volume representa queda de 23,5% ante a semana anterior
Foto: Reprodução/Internet

Os exportadores norte-americanos venderam 2,6 mil toneladas de carne suína com entrega para o ano comercial 2020 para a China na semana encerrada em 4 de junho, de acordo com dados do relatório semanal de exportações do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) divulgado na quinta-feira, 11 de junho.

O volume representa queda de 23,5% ante a semana anterior, quando importadores chineses compraram 3,4 mil toneladas de carne suína norte-americana.

A China foi o terceiro principal destino de vendas de carne suína dos Estados Unidos na semana, com cerca de 14,5% do volume total de 17,2 mil toneladas vendido pelo país, ficando atrás do México (5,1 mil t) e Canadá (4,7 mil t). Na sequência, está o Japão (1,8 mil t) e Honduras (1,4 mil t).

O volume embarcado para a China, de contratos fechados anteriormente, alcançou 12,7 mil toneladas no período. Os embarques totais da carne suína norte-americana somaram 31,7 mil toneladas no período.

Exportadores norte-americanos ainda esperam realizar expressivas vendas para a China, não apenas por causa do acordo comercial firmado em janeiro deste ano, mas também porque o país asiático tem apresentado maior necessidade de importação de proteína animal, embora esteja recuperando o seu plantel após a epidemia da peste suína africana (ASF, na sigla em inglês).

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.