China vê risco alto, mas há avanço em produção de vacina contra peste suína

Segundo governo chinês, o vírus se espalha em ritmo rápido em todo o mundo, o que dificulta as tentativas da China de contê-lo

O governo da China afirma que a situação da peste suína africana continua grave, mas que avanços recentes na tentativa de desenvolver uma vacina traz esperança. “O risco de avanço da peste ainda é muito alto”, disse o vice-ministro de Agricultura e Assuntos Rurais do gigante asiático, Yu Kangzhen, nesta quarta-feira.

Segundo Yu, o vírus se espalha em ritmo rápido em todo o mundo, o que dificulta as tentativas da China de contê-lo. Com altas recentes nos preços de carne suína em decorrência da oferta apertada, o governo chinês anunciou, nas últimas semanas, uma série de medidas para impulsionar a oferta e controlar os preços.

Continue a leitura após o anúncio

As medidas incluem incentivos para que produtores criem mais suínos. Sem uma vacina viável para peste suína africana, a ameaça de um novo surto desestimula produtores a expandir ou recompor a produção.

A Academia de Ciências Agrícolas da China, um importante instituto chinês de pesquisa, afirmou na terça-feira que completou testes de laboratório para uma vacina e pediu avaliações de segurança ao Ministério da Agricultura, o que possibilitaria testes clínicos. “É um desdobramento positivo e também um primeiro passo”, disse Yu. Fonte: Dow Jones Newswires.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO