Clima ruim nos EUA deve elevar exportação de milho

Agroconsult prevê a exportação de 38 milhões de toneladas este ano, alta de mais de 58%

Os altos patamares do preço do milho americano devem puxar o mercado de exportação do milho brasileiro. A Agroconsult revisou sua estimativa para 38 milhões de toneladas – aumento de 6 milhões de toneladas em relação a projeção divulgada anteriormente e alta de 58,34% ante 2018 . Os números foram divulgados na tarde desta segunda-feira, 17 de junho, durante coletiva de imprensa.

De acordo com a Agroconsult, a produção de milho deve alcançar 101,2 milhões de toneladas na safra 2018/19 – alta de 25% em comparação ao ciclo anterior, quando o volume colhido ficou em 80,8 milhões. Para efeito de comparação, somente na 2° safra a produção brasileira de milho deve chegar em 74,6 milhões.

A alta quantidade de escoamento do grão, devido a uma demanda jamais vista, chama a atenção para o processo logístico brasileiro de vendas. “A exportação mais robusta de milho irá ocupar mais a logística disponível. Ainda não vimos esse ano algum colapso de logística por conta do volume exportado. Nos próximos meses a capacidade estará mais preenchida devido a quantidade maior de exportação nos volumes de milho. No entanto, não há ameaças do escoamento do grão por conta da logística, já que não haverá uma saída mensal maior do que já foi registrado”, frisa André Pessôa, diretor da Agroconsult.

Em relação ao consumo interno de milho brasileiro, a previsão da Agroconsult é de que alcance 62,8 milhões de toneladas tragadas – crescimento de 5% sobre o ano passado. “É a primeira vez que o Brasil vai passar de 60 milhões de consumo doméstico. As relações de trocas entre carnes suínas e bovinas com o mercado de milho está incentivando o consumo de mercado de milho como vimos em 2017”, diz Pessôa.

Segundo a Agroconsult, a tendência para o consumo de milho em 2020 é de 65,4 milhões de toneladas. A consultoria prevê que em 2019/20, a área plantada de milho volte a crescer no Brasil. Conforme a Agroconsult, a área plantada em 2019/20 deve ficar em 18,2 milhões hectare – 5 milhões hectare da 1° safra (alta de 1%) e 13,1 milhões da 2° safra de milho (+7%). A perspectiva da produção 2019/20 é de 104,7 milhões de toneladas – elevação de 4% em relação ao ciclo anterior.d

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print

Notícias relacionadas:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: