CNA defende sistema multilateral do comércio

Sueme Mori, diretora de Relações Internacionais da CNA, citou a preocupação do setor agro com as regulamentações que vinculam sustentabilidade ambiental e comércio

A diretora de Relações Internacionais da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Sueme Mori, participou, na terça (19), do “Diálogo Empresarial”, realizado em São Paulo, com a presença da diretora-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Ngozi Okonjo-Iweala.

O evento foi promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

A diretora-geral da Organização está no Brasil cumprindo uma agenda preparatória para a 12ª Conferência Ministerial (MC 12), que deve ser realizada no mês de junho, na Suíça.

Durante o Diálogo Empresarial, foram discutidas as prioridades do setor privado para a OMC e para a MC 12. Ngozi Okonjo-Iweala defendeu o sistema multilateral do comércio e a importância de existirem regras claras para todos os países, com o objetivo de garantir um comércio justo.

Em sua fala de abertura, Sueme Mori declarou que a CNA é totalmente favorável ao sistema multilateral do comércio e ao fortalecimento da OMC.

Ao falar sobre o agro, a diretora de Relações Internacionais da CNA citou a preocupação do setor com as regulamentações que vinculam sustentabilidade ambiental e comércio, especificamente em relação à exigência de diligência devida (due diligence), que estão sendo discutidas em alguns mercados, como a União Europeia.

Foto: Wenderson Araujo/Trilux

“A nossa preocupação é que a compatibilidade dessas exigências com as regras da OMC seja avaliada e que as diferenças de desenvolvimentos entre os países, no momento de implementação desses regulamentos, sejam consideradas. Outro ponto de atenção é com o impacto nos custos de produção, especialmente para o pequeno e médio produtor rural”, explicou Sueme.

No evento, também foram defendidas a redução dos subsídios distorcidos ao comércio mundial e a retomada do funcionamento do Órgão de Apelação da Organização.

Fonte: Ascom CNA

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.