CNA entra com liminar contra reajuste da tabela do frete

CNA aponta "tratamento desigual em relação ao agro" após STF revogar liminar contra a tabela

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) informou hoje, 21 de maio, que entrou com um pedido de liminar junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender os reajustes na tabela do frete editada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

+Luiz Fux suspende liminar contra tabela do frete
+Entidades criticam suspensão de processos contra tabela do frete
+ANTT atualiza tabela do frete após aumento do preço do diesel

Continue a leitura após o anúncio

A entidade é contra a medida, anunciada após a greve dos caminhoneiros de 2018, e defende que não haja qualquer outro ato normativo que aumente o valor da tabela até que as Ações Diretas de inconstitucionalidade (ADIs) em curso no STF sejam julgadas.

A CNA aponta ainda um “tratamento desigual em relação ao agro”, já que a suspensão da liminar contra os efeitos do tabelamento, em fevereiro, gerou novos reajustes, com aumentos progressivos nos custos com o transporte da produção.

A decisão, assinada por Luiz Fux, atendeu a um pedido de suspensão feito pela Advocacia-Geral da União (AGU) e, entre seus efeitos, impôs que nenhuma ação judicial sobre o tema será acolhida pelo STF enquanto a corte não julgar o mérito da questão.

“Na medida em que este STF permite essa situação draconiana, trata de maneira desigual e  desequilibrada as partes do processo e as partes do problema”, aponta trecho da petição realizada pela entidade.

 

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

Creep feeding, ferramenta multiuso

Técnica favorece desde desmama pesada até produção de boi-China a pasto

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.