Menu
Menu

CNA estima prejuízos de R$ 6,6 bi “dentro da porteira”

Valor leva em conta apenas a produção primária, sem considerar processamento, indústrias e insumos
Paralisação dos caminhoneiros na Rodovia Presidente Dutra, no Rio de Janeiro.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) estima em R$ 6,6 bilhões os prejuízos para os produtores rurais com os nove dias de bloqueio nas estradas devido à paralisação dos caminhoneiros. Este valor é referente às perdas de Valor Bruto da Produção (VBP), que mede a estimativa de faturamento bruto na produção “dentro da porteira”.

“Este prejuízo é apenas na produção primária, sem considerar ainda o processamento, as indústrias e a parte de insumos, que estão tendo prejuízos severos. E ainda fora o que está por vir, porque a recuperação não é imediata”, afirmou o superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi, que alertou para o “caos extremo” na produção de alimentos se os bloqueios continuarem.

O superintendente da CNA participou de uma entrevista na Câmara dos Deputados, organizada pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), com a participação de várias entidades do setor produtivo, para falar sobre o impacto do bloqueio nas estradas. Para Lucchi, o tempo que o produtor deve levar para se reestruturar é de seis meses a um ano. “Animais estão morrendo, alimentos perecíveis como hortaliças e leite são desperdiçados. O impacto é econômico, social e ambiental”, afirmou.

O superintendente da CNA reiterou que a CNA defende que o direito de “ir e vir” prevaleça neste momento para que o produtor possa escoar a produção e receba os insumos necessários para evitar a morte de animais. “Não é um problema apenas para o produtor, mas para toda a sociedade”.

Ontem, a CNA encaminhou ofícios aos Ministérios da Defesa e da Segurança Pública para pedir escolta para o transporte de produtos perecíveis, carga viva e insumos para garantir o abastecimento dos produtores.

A presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputada Tereza Cristina (DEM-MS), fez um apelo para o fim da paralisação para evitar ainda mais prejuízos ao desabastecimento de diversos produtos para a população brasileira. “A situação vem se complicando. Nós estamos muito preocupados e gostaríamos de fazer um apelo para que os caminhoneiros possam trabalhar para não deixar que o abastecimento da população brasileiro fique mais prejudicado”.

Fonte: CNA.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

Sustentabilidade é isso aí…

Hélio Casale destaca os esforços do agricultor na busca pela sustentabilidade e os principais temas abordados no 3º Fórum de Agricultura Sustentável

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×
×

Carrinho